Loading...

sábado, 11 de julho de 2009

Mudamos!!!

Olá pessoal!!!
Este post é para anunciar que estamos mudando!! Isso mesmo, mudando para uma URL mais simples. Assim facilitamos a vida daqueles que não costumam usar os "Favoritos" ;)

A nova URL do blog é: http://blogupzone.blogspot.com. Não deixe de nos acompanhar!!! :)

Um grande abraço!!

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Level Up 2009, Intel® Visual Adrenaline Game Demo Challenge


A seguir uma breve descrição do concurso promovido pela Intel:

Level Up 2009, Intel® Visual Adrenaline Game Demo Challenge, is a worldwide competition providing developer’s greater exposure to the gaming community. Submissions from professional, aspiring and student game developers will be accepted starting March 23, 2009 until July 1, 2009. The games will be judged in three categories: Best Threaded Game, Best Game-on-the-Go, and Best Game Optimized for Intel® Graphics. Valuable prizes will be awarded to help jump start the success of the winning games.

Para maiores informações sobre o concurso, basta acessar o site oficial, ou site com as regras do concurso.

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Profissionais dão dicas para começar

Foi publicado na Folha de São Paulo uma reportagem com dicas para quem está iniciando em desenvolvimento de jogos. Segue o texto:

Para trabalhar com games, é preciso gostar de jogos, como era de esperar. "Vale desde dominó e baralho, passando por jogos de tabuleiro, até RPG e consoles de última geração", afirma o engenheiro de software Chedwick Montoril, que já passou por empresas como a Electronic Arts, responsável por títulos como Need for Speed e The Sims.
Ele acrescenta, ainda, que é fundamental estudar inglês e devorar literatura, cinema, "anime", história, arte, música, entre outros assuntos.

"Depois, [é preciso] trabalhar em um portfólio. É importante mostrar com uma prova de conceito o que você sabe e é capaz de fazer. Não adianta nada dizer que é programador, artista, game designer, roteirista. Todas as empresas com que tive contato no Brasil e no exterior exigem um portfólio", diz.
Chedwick jogava desde criança -aos nove anos, começou a mexer com programação. Cursou ciência da computação e trabalhou por um tempo na área até decidir migrar para os jogos. "Descobri que o mercado nacional não existia e decidi focar no mercado internacional."

Depois de cofundar a empresa Playlore, decidiu seguir voo solo. "Coloquei meu currículo na internet e, em um mês e meio, tinha umas 15 propostas de trabalho."
Para o artista gráfico Rafael Fernandes (www.rafaelfe.com), a trajetória se deu ao acaso. "Trabalhava com web, e meu gerente falou para eu estudar pixel art, pois ia entrar em um projeto de games para celular. Sempre gostei muito de jogos, desde moleque, mas nunca havia cogitado trabalhar com isso", afirma.

Para aprender o novo ofício, ele se dedicou a estudos sobre desenho, anatomia, perspectiva, luz, sombra etc., que dão base para a criação da arte conceitual dos games. "Aprendi muita coisa com outros profissionais da área e com tutoriais e artigos na internet." Hoje, Fernandes trabalha como free-lancer, desenvolvendo jogos para aparelhos portáteis. (DA)


O Entrevistado foi:
Rafael Fernandes
Graphic/Motion Designer & Game Artist

Para maiores informações sobre o entrevistado, visite o seu Portifólio on-line.

Can a Video Game Save the Earth?


Para maiores informações visite: http://www.saveearthgame.org/

terça-feira, 14 de abril de 2009

Palestra - Game Design Showcase



Palestra - Game Design Showcase
15h às 17h
25 de Abril de 2009
Auditório do CDT - UnB - Brasília
Este evento tem como objetivo estimular a criatividade em desenvolvimento de jogos entre alunos universitários e profissionais da área. Através de uma vitrine de diversos jogos, a palestra pretende mostrar como inovar neste mercado tão concorrido.

Faça sua já sua inscrição e garanta a sua vaga. Entrada franca!

Ilusis está procurando por programadores ou artistas

A empresa Ilusis Interactive Graphics oferece vagas para programadores
e artistas.

A Ilusis é uma startup sediada em Belo Horizonte, dedicada ao
desenvolvimento de jogos e sistemas interativos.
O último trabalho da empresa pode ser visto em: http://www.peixis.ilusis.com

Perfil desejado dos programadores:
- Requisitos: Experiência em C++, DirectX ou OpenGL
- Desejável: Conhecimentos de Sockets, Banco de Dados ou Visão Computacional.

Perfil desejado dos artistas:
- Requisitos: Experiência em animação de personagens 3D
- Desejável: Saber desenhar a mão


Regime de trabalho: CLT
Local: Sede da empresa em Belo Horizonte
Carga horária e salário: a combinar


Interessados devem enviar currículos e portfólio para contato@ilusis.com

Fonte: CGGT

segunda-feira, 13 de abril de 2009

SBGAMES 2009 - Thinking About Convergence


Aqueles que foram no último SBGames sabem que o próximo será no Rio de Janeiro. Para aqueles que não conhecem, o SBGames é um evento que reúne toda a comunidade envolvida com o desenvolvimento de games no país (e também alguns apresentações do exterior). Todo o evento é dividido em trilhas. São quatros trilhas: Arte e Design, Computação, Cultura e Industria.

Para o SBGames deste ano, estas são as datas mais importantes:
Data limite para submissões: 30 de Junho, 2009
Anúncio dos trabalhos aceitos: 10 de Agosto, 2009
Simpósio: 8-10 de Outubro, 2009

Já foi feita a chamada para trabalho da trilha de computação. Segue parte da chamada:

*** Papers for the Computing Track ***

You are invited to submit your work to the Computing Track of SBGames 2008. The computing track will feature both full papers and technical posters (short papers):

- Full Papers must report mature work in the area of games and digital entertainment (a list of topics of interested is shown below). They should be written in ENGLISH and do not exceed 10 pages.

- Technical Posters (Short papers) are suitable for short reports on game research and development and works which are not mature enough for a complete publication. They may be written in Portuguese or English and are limited to 4 pages.

All contributions must be original, unpublished work. Any work that has previously been published or is been simultaneously submitted in similar form to any other conference or journal will be rejected. Accepted papers will be published in the Conference Proceedings, and at least one author must be registered, attend and present the work at the symposium.

Submissions will be made electronically through the JEMS System. Papers will be subjected to a double blind review system, thus authors must avoid including information that allow their identification (names, affiliations, explicit self-references, project names, etc). Detailed instructions including paper formatting are available at the conference web site. (http://www.puc-rio.br/sbgames09)

The authors of the best papers will be invited by the editors of the ACM CIE to submit an extended version of their papers to be published in the ACM Computers in Entertainment (To be confirmed).

Topics of interest include, but are not restricted to:

- Accessibility
- Affective computing
- Architectures, engines, and design patterns
- Artificial Intelligence
- Augmented Reality
- Camera techniques
- Computer Animation
- Computer Graphics
- Console programming
- Convergence of areas in game development
- Crowd Simulation
- Dedicated hardware
- Development process and tools
- Emotional agents
- Facial expressions
- Game audio techniques
- Games in Education
- Human-computer interfaces
- Interactive and 3D sound
- Interactive digital TV
- Massive Multiplayer Games
- Mobile computing
- Models and Infrastructure for networked games
- Parallel Processing CPU-GPU
- Pervasive and crossmedia games
- Physical modeling
- Procedural modeling
- Programming languages and techniques
- Realistic physics
- Sensors and interface hardware
- Serious games systems
- Storytelling
- Virtual reality

(Topics addressing game design (including specific-style games, graphics and sound), as well as digital art, should be submitted to Arts & Design track. Papers related to Cultural and Social aspects of digital games should be submitted to the Culture track).


*** Organization ***

Conference Chairs
- Bruno Feijó (PUC – Rio) – bfeijo inf.puc-rio.br
- Maria das Graças Chagas (PUC – Rio) – chagas puc-rio.br

Computing Track Program Committee Chairs
- Chair: Luiz Chaimowicz (UFMG) – chaimo dcc.ufmg.br
- Co-chair: Fernando Trinta (UNIFOR) – trinta unifor.br

Technical Program Committee

- To be announced.


Para maiores informações sobre o evento (e também sobre alguns eventos que acontecerão em paralelo) visite o site oficial.
Fonte: CGGT

segunda-feira, 30 de março de 2009

Maker World #12



No último dia 17, saiu 12a edição da Maker World. Para que não conhece, a MW é uma revista digital que tráz diversas informações sobre a comunidade RPG Maker. Nada melhor para descrever a revista, que um quote da própria staff:

[...]procurando a cada nova edição melhorar ainda mais nosso conteúdo e qualidade.
A Revista Maker World é uma revista que visa melhorar e contribuir cada vez mais para o crescimento do RPG Maker no Brasil e temos orgulho de conquistar novos leitores a cada nova edição.[...]


Esta edição apresenta reviews de vários projetos brasileiros e até alguns gringos, um bate-papo bem interessante com o pessoal da Eternix. Dentre as matérias da revista, tem uma bem interessante sobre a construção de cenários. Vale uma boa olhada! :D

O link para o post de publição é da Vila Makers: Maker World 12, A Sua Revista Maker.

quinta-feira, 19 de março de 2009

Gamasutra: Game Writing From The Inside Out


Um artigo bastante interessante que discute a criação de roteiros para games. Os responsáveis pelo artigo são os roteiristas de games como "God of War" e "Far Cry 2". Para conferir o artigo completo, segue o link: Game Writing From The Inside Out.

domingo, 15 de março de 2009

Projeto Atualizado

Olá pessoal!!! Dia movimentado hoje!! :D
Atualizei a lista de projetos e também atualizei um projeto que já estava parado a bastante tempo, o upLayer. Para quem não se lembra, eu já havia postado algumas vezes sobre ele. Resumindo, é um gerador de código de camadas construídas à partir de tiles.

Aquela primeira versão utilizava javascript e PHP para gerar a saída direcionada a JavaME. Dessa vez, a aplicação utiliza a tecnologia PHP-GTK e roda em desktop sem necessidade de servidor. A atualização de agora foi apenas o início da construção da interface principal.

Quanto aos demais projetos, alguns já tem links, outros ainda não. Os que não possuem links serão atualizados assim que existir alguma coisa mais consisa sobre eles.
Abraços e até a próxima!